Nossa História

Tudo começou em Outubro de 2010, na cidade de Curitiba-PR. Lucas Mota se juntou a alguns amigos da Comunidade Gólgota e começaram a trabalhar dentro do meio underground. A proposta era levar a mensagem do evangelho sem julgar as pessoas por sua aparência, crenças ou costumes. Desde o começo sempre houve a preocupação de que a comunicação dessa mensagem não fosse invasiva. Por isso, o primeiro projeto da Resistência era um fanzine mensal que era publicado e distribuído gratuitamente no centro de Curitiba.

Fanzines sendo preparados para distribuição, em 2011.
A ideia era trazer textos e ilustrações que proporcionavam reflexão as pessoas e nos desse oportunidade para falar mais sobre o que acreditamos. Com o tempo, nossas atividades ampliaram. Fomos muito bem aceitos dentro do movimento punk, onde, além dos fanzines, organizamos alguns eventos como shows e exposição de fanzines.


Show realizado na Comunidade Gólgota, em 2011.
No palco: banda Desertor.
Chegamos a atender a população de rua com jantares e sopão, além de eventualmente encaminhar dependentes químicos para casas de recuperação.
Com o tempo, nossa equipe sofreu várias alterações e sentimos que a Resistência estava caminhando para uma proposta mais emergencial, atendendo pessoas e situações extremas. Para que um trabalho como esse possa ser realizado de forma apropriada, é necessário ter uma estrutura maior e um acompanhamento de médicos e psicólogos. Após muito refletir, decidimos alterar nossa abordagem e forma de atuação. 


Primeiro jantar para moradores de rua, em 2010.
Ao invés de trabalhar com emergências, decidimos reformular a Resistência para um trabalho de prevenção. Nossa primeira escolha após o reposicionamento do projeto foi trabalhar com jogos de tabuleiro e RPG com crianças e adolescentes de alguma comunidade carente, com o objetivo de fornecer uma opção que distanciasse os jovens da violência e do mundo das drogas. Após um tempo de pesquisa, escolhemos o bairro Guarituba, localizado na cidade de Piraquara-PR.

Primeiro ano de atividades da Ludoteca, 2014.
Depois de algumas reuniões e planejamento, instalamos nossa nova atividade no começo de 2014. Desde então tocamos vários PROJETOS dentro do bairro e até algumas ATIVIDADES EXTERNAS.
Acreditamos no conceito de "missão integral", cunhado por John Stott. Trata-se de levar nossa mensagem sem nunca desprezar as demais necessidades da comunidade, por isso nos preocupamos em levar oficinas culturais, tardes recreativas e algumas outras atividades educacionais que tem o potencial de trazer esperança em futuro melhor para as crianças e adolescentes do bairro.
Ainda temos muitos objetivos e sonhamos com o crescimento do projeto Resistência. Se você quiser ajudar de alguma forma, CLIQUE AQUI.

Oficina de história em quadrinhos, 2016.

Pages